Tipos de corrosão metálica e como evitá-las

tipos de corrosão metálica

Existem vários tipos de corrosão metálica e em alguns casos ela pode ser evitada através da aplicação de revestimentos cerâmicos. Porém, esse revestimento não é eficaz para todos os tipos de corrosão. Existem cerâmicas resistentes à corrosão, assim como outros materiais. Todos possuem resistência à alguns meios corrosivos, no entanto, nenhum deles consegue resistir a todos os tipos de corrosão metálica.

Conhecer os tipos de corrosão metálica existentes é o primeiro passo para que se consiga definir o melhor método de proteção superficial. Nem sempre o material mais caro vai ser o de melhor desempenho. Veja abaixo as principais tipos de corrosão metálica encontrados, segundo Callister (2007)*:

  • Corrosão Erosão: É uma ação combinada de ataque químico e remoção mecânica gerada por partículas sólidas presentes num fluído. Pode ocorrer em elementos de equipamentos de bombeamento, por exemplo.
  • Corrosão sob Tensão: É forma de corrosão combinada entre corrosão eletroquímica e tracionamento de uma superície.
  • Pitting ou Alveolar: É localizada e profunda. É gerada pela ação de oxigênio sobre uma pequena área. Essa pequena área se torna anódica, enquanto a área com excesso de oxigênio se torna catódica. Isso leva a uma corrosão galvânica localizada na superfície.  
  • Galvânica ou Eletroquímica: A corrosão galvânica ou eletroquímica que ocorre quando dois materiais estão em contato elétrico e expostos a um eletrólito. Um exemplo dessa forma de corrosão pode ser encontrada em Parafusos de aço em contato com latão em ambiente marinho;
  • Uniforme: ela se manifesta de maneira igual em toda a superfície. Exemplo disso é uma peça enferrujada;
  • Por frestas: Ocorre devido a diferença de concentração de eletrólito na superfície de uma mesma peça. Como o próprio nome diz, ela ocorre em regiões com frestas ou em cantos.
  • Intergranular: Ocorre quando o aço inoxidável é submetido a temperaturas entre 450ºC e 750ºC (sensitivação). Nessa situação é gerada uma corrosão no entorno do grão.
  • Lixiviação Seletiva: É encontrada em ligas de solução sólida onde um elemento é preferencialmente removido

O desconhecimento sobre os tipos de corrosão metálica que afetam as suas superfícies pode acarretar grandes prejuízos para as empresas. Se levarmos em consideração que metais nobres possuem custos altos, ao aplicar um revestimento no ambiente errado, este não vai apresentar o desempenho desejado.

Nos próximos posts, vamos falar das formas corrosão de uma maneira um pouco mais aprofundada, apresentando como elas ocorrem, onde são encontradas e algumas sugestões de prevenção do problema.

Se você trabalha nas indústrias agrícolasiderurgiahidrelétricamineração ou de petróleo e gás, conheça como a Rijeza ajuda você a reduzir os seus custos com manutenção de peças desgastadas.

 

Baixe aqui: Prevenção da Corrosão: 10 dicas que todo engenheiro precisa conhecer.

*William D. Callister, Jr., Materials Science and Engineering, 7th edition, 2007.