Tribologia: o que é?

tribologia o estudo do atrito entre superficies

Você sabe o que é tribologia? Se você é profissional de gestão de manutenção deveria (e sugiro continuar lendo esse texto). O conhecimento de tribologia é um dos mais importantes para a melhoria dos resultados da gestão da manutenção (especialmente dos indicadores de MTBF e OEE) nas empresas industriais. A palavra tribologia vem do grego onde: tribo = esfregar e logos = Estudo. Podemos então definir o conceito de tribologia como sendo uma ciência que estuda a interação entre superfícies em movimento relativo. O termo tribologia foi estabelecido, em 1966, pelo governo do Reino Unido (UK). H. Peter Jost gerou um relatório para o departamento inglês de educação e ciêcia dos impactos econômicos associados ao estudo da tribologia.

Segundo o site InfoEscola, do ponto de vista do meio ambiente, este estudo tem um impacto significativo no que se refere à análise global das perdas por desgaste. 

O objetivo da tribologia é resolver os problemas relacionados com o atrito entre superfícies. Para conseguir atingir esse objetivo, é necessário que se tenha conhecimento da relação de três grandes áreas de estudo:

1 - Física

2 - Química

3 - Mecânica

Pode-se então concluir que os seus principais pilares são o atrito, a lubrificação e o desgaste.

Essa ciência vem ganhando cada vez mais espaço nas engenharias de projetos de novos produtos e nas engenharias de manutenção das empresas. Isso por que a busca pela competitividade impulsiona as empresas a buscarem soluções que obtenham maiores níveis de produtividade com baixos custos de manutenção. Essa atenção tem proporcionado o surgimento de novos materiais, novas tecnologias de lubrificação e novas tecnologias de tratamentos de superfícies.

O conhecimento de tribologia proporciona decisões assertivas pelos profissionais de manutenção e de projetos de produto que por consequência vão reduzir custos com paradas de máquina por manutenções corretiva, perdas de produção e garantias. Inclusive, esse tipo de estudo é aplicado também em diversas áreas, como automotiva, aeroespacial, esletrônica, biomédica e ótica.

Que tal continuar entendendo mais sobre tribologia? Clique no botão abaixo: