Lubrificação e revestimento: soluções conjuntas para incrementar a vida útil de componentes de contato direto

Lubrificação

A principal tarefa em uma rotina de manutenção preventiva em qualquer setor industrial é a lubrificação. Se não realizada de forma rigorosa e periódica certamente haverá desgaste acelerado de peças e redução significativa na vida útil.

A lubrificação tem como objetivo primário reduzir o atrito e o desgaste abrasivo e, além disso, atua no controle de ruído, da temperatura e da corrosão. Ela é indispensável em elementos como mancais e guias de deslizamento, cilindros hidráulicos, caixas redutoras, correias e correntes. Quando realizada corretamente, com produtos adequados e dentro da periodicidade necessária, a lubrificação por si só já promove maior durabilidade aos equipamentos, podendo aumentar em 6% sua vida útil.

A aplicação de revestimentos em componentes sujeitos ao desgaste acentuado é uma possibilidade de incrementar ainda mais a vida útil. Devido à contaminação de lubrificantes, seja pela água, poeira, fuligem ou outros, a perda de suas propriedades é inevitável e se a superfície dos componentes estiver preparada, a lubrificação ineficiente não acarretará em grandes perdas. Além disso, os revestimentos podem ser obtidos da partir de materiais com baixo coeficiente de atrito, como o Metal patente, uma liga a base de estanho que em conjunto com a lubrificação diminui a força de atrito e retarda o desgaste por abrasão.

Outras vantagens da aplicação de revestimentos em peças de contato direto:

- Aumento da dureza superficial

- Proteção do metal base de agentes químicos de lubrificantes que podem levar à corrosão

- Redução das paradas e diminuição dos custos de manutenção

 

Confira aqui soluções em revestimentos que em conjunto com a lubrificação aumentam a vida útil dos equipamentos.