Infográfico - Os principais meios para prevenir a corrosão Galvânica

como prevenir a corrosão galvânica?

Podemos dizer que a corrosão galvânica por muitas vezes está associada a erros na montagem de peças e componentes. Não estamos falando aqui de erros dimensionais ou de apertos, por exemplo, mas muitas vezes em erros de projeto.

Assim como qualquer outro tipo de corrosão, a corrosão galvânica é um grande problema na indústria metal mecânica, sendo um dos desgastes mais prejudiciais para a integridade de componentes.  Para diminuir os efeitos da corrosão é muito importante que se entenda primeiramente a qual tipo de corrosão o processo está sujeito, para depois buscar as soluções.

A corrosão galvânica é um processo eletroquímico que ocorre OBRIGATORIAMENTE na presença destes 3 elementos: Materiais diferentes entre si (ânodo e cátodo), eletrólito (meio) e o contato elétrico entre os materiais. Portanto, de forma simplista, para eliminar a corrosão galvânica basta eliminarmos um destes elementos.

É a diferença de potencial entre os dois materiais que abre o caminho para a corrosão galvânica. Por meio de reações de oxidação e redução, íons migram de um material para outro. Aquele que perde os íons é o ânodo e preferencialmente sofrerá a corrosão, e o que recebe os íons é o cátodo. Para isso acontecer é preciso que os materiais estejam em contato direto ou indireto (caminho de condução) em um meio (condutor elétrico líquido ou sólido).

Portanto, se eu não permitir que dois materiais metálicos diferentes estabeleçam contato entre si na montagem dos meus equipamentos, estarei evitando problemas futuros de corrosão galvânica. Caso isso não for possível, posso substituir os materiais por outros de potencial semelhante, ou ainda utilizar um material para que a corrosão ocorra propositalmente (ânodo de sacrifício).

Uma alternativa que possui um ótimo desempenho frente à corrosão galvânica e funciona tanto como isolante (barreira), como proteção catódica ou ânodo de sacrifício são os revestimentos aspergidos. Essa técnica permite que tanto materiais cerâmicos como materiais metálicos possam ser depositados na superfície dos metais. O revestimento de zinco aspergido por HVOF, por exemplo, pode aumentar a vida útil de componentes em mais de 500% no que diz respeito à corrosão galvânica.

Nós preparamos um infográfico com algumas outras dicas para evitar as perdas por corrosão galvânica. Baixe o material completo aqui